Conheça a fraude que envolveu 17 departamentos de trânsito

Um esquema de fraude milionário foi descoberto no Detran-SP com possível envolvimento indireto de 17 estados.

25/10/2022
Onboarding

Em setembro deste ano, a Polícia Civil de São Paulo recebeu a denúncia de que uma fraude milionária ocorria nos Departamentos de Trânsito de 17 estados. 

A Operação Gravame, que ainda está sob investigação, afirma que o esquema movimentou 2,4 milhões de reais só no Departamento de Trânsito do estado de São Paulo. A fraude foi descoberta após denúncia de uma funcionária do Detran paulista que, ao voltar do período de férias, notou o uso indevido de seu acesso no sistema. 

Quais as fraudes envolvidas?

Até o momento, a investigação apurou e encontrou o principal suspeito dos crimes, um dos diretores do departamento, afastando-o de seu posto.  

Segundo o levantamento policial, os envolvidos responderão pelos crimes identificados: 

  • Organização criminosa;
  • Corrupção passiva e ativa;
  • Favorecimento pessoal;
  • Lavagem e ocultação de valores;
  • Inserção de dados falsos em sistema informatizado.

Os fraudadores cobravam de R$ 800 a R$ 7 mil pelos serviços ilícitos. Esses serviços correspondem às seguintes irregularidades:

Transferência irregular de veículos 

Com acesso ao sistema informatizado do Detran, foi descoberto que os fraudadores conseguiam transferir veículos de outros estados para São Paulo sem o pagamento de taxas.

Segundo os investigadores, há casos de veículos transferidos até três vezes sem qualquer pagamento.

Regulamentação de veículos indevida

Diversas multas e débitos não pagos de veículos irregulares tiveram baixa no sistema.

Ana Cecília, Gerente Comercial do SuperPrático, plataforma que certifica o cumprimento do processo de formação de condutores segundo as regras definidas na legislação, comentou sobre o assunto, condenando os crimes e trazendo o agravante nas fraudes:

“As fraudes que ocorrem na emissão da CNH, além de todo o esquema corrupto envolvido, têm o agravante de permitir que condutores que não passaram pelo processo exigido na legislação de trânsito possam circular livremente em vias públicas, comprometendo a segurança de todos os envolvidos, sejam em automóveis, sejam pedestres”.

Fraude na emissão de CNH

Dentre as irregularidades, está a emissão da CNH, documento oficial que habilita cidadãos à condução em vias públicas, sem o cumprimento das regras definidas na legislação.

As investigações anunciaram que para obtenção desse serviço, o candidato à CNH deveria comparecer ao menos uma vez na unidade do Detran para que suas impressões digitais fossem registradas em dedos de silicone. Assim, a presença do candidato era forjada para que ele cumprisse as aulas e exames requeridos fraudulentamente. O esquema também atendia motoristas em reciclagem que tiveram a carteira suspensa.

Como combater as fraudes na emissão de CNH?

A Operação Gravame tem como próxima etapa o bloqueio dos mais de mil veículos liberados ilegalmente. A intenção dos policiais é resgatar as taxas e impostos que não foram recolhidos. 

Em nota, o Detran-SP afirmou que neste ano, 2022, realizou 2.300 fiscalizações e 12 operações conjuntas com as forças de segurança do Estado para combater ocorrências de delitos, fraudes e corrupção e destaca que segue trabalhando para coibir práticas indevidas e prestar serviços de qualidade à população.

No entanto, reforçar a tecnologia do processo de emissão da CNH é imprescindível para evitar que situações assim aconteçam novamente. 

Onboarding mais seguro para departamentos de trânsito

A emissão da CNH, como qualquer documento, passa por uma série de procedimentos complexos e sensíveis, pois envolve os dados biométricos e biográficos de um cidadão. 

Nesse quesito, é importante escolher uma plataforma confiável e segura para o cidadão, utilizada por clientes exigentes, como a Polícia Civil e com experiência no mercado de trânsito. 

O Onboarding Presencial, ferramenta do Certfy, é homologado pelo DENATRAN e usado por 5 estados brasileiros na emissão de mais meio milhão de documentos por mês. Com essa poderosa ferramenta é possível captar imagens biométricas da mais alta qualidade, com a assistência de um especialista em todo o processo. 

Também há a opção de Onboarding Digital com segurança semelhante à modalidade presencial e ainda há a Certificação e Verificação de Identidade para aumentar o nível de segurança nas transações dos sistemas dos Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs).

A confiança na emissão da CNH impede que candidatos a motorista sem experiência coloquem a vida de outras pessoas em risco. Nestes caso, quanto maior a segurança, melhor. 

Converse com um dos nossos especialistas e entenda mais sobre a plataforma que pode ajudar a salvar vidas!